Secretaria Meio Ambiente de Tibagi diz que terá Coleta seletiva toda cidade
300.png
Meio Ambiente

Secretaria Meio Ambiente de Tibagi diz que terá Coleta seletiva toda cidade

Cinco mil sacolas foram compradas pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente

29/08/2018 19h16
Por: Regis Negrão
510

A Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura e Klabin, realizou reuniões nas escolas municipais para falar sobre o projeto de re-implantação da coleta seletiva em todo o município, que terá início em setembro.

O encontro foi com os pais dos alunos das escolas Escola Ida Viana, Escola Telêmaco Borba e o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI Aquarela). Durante a reunião eles puderam conhecer como funcionará a coleta, que agora abrangerá toda a sede.

No mês de setembro, a equipe da SEMA e associados da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Tibagi (ACAMARTI), irão juntamente com os alunos e professores dos quartos e quintos anos das Escolas Telêmaco Borba e Ida Viana distribuir as sacolas de ráfia para os moradores e explicar sobre como funciona o projeto.

Cinco mil sacolas foram compradas pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (CONDEMA) e a Klabin doou 2 mil para essa nova fase do projeto.

A gerente da SEMA, Leri Ribeiro, explicou para os pais a importância da separação correta dos lixos de higiene pessoal. “As embalagens de shampoo, desodorante e o próprio rolo de papel higiênico são muito rentáveis para os catadores. Mas, infelizmente, muitos são perdidos por serem jogados no lixo do banheiro e acabam contaminados. Levar essa educação para todos é muito importante. Por isso, precisamos trabalhar em parceria e todos são nossos parceiros nesse projeto ambiental e social”, salientou.

Os pais aprovaram a apresentação do projeto. É o caso de Cassia de Oliveira, mãe da Amalia Gabriela, da Escola Aquarela. “Eu achei super bom. Sou sanitarista e gosto muito desses projetos”, falou.

Rosney de Oliveira e Silva é ambientalista e pai,destaca a importância da educação ambiental para as crianças. “Achei já em tempo. Há uma necessidade dessa conscientização com as crianças. É muito plástico e ele deve ser descartado corretamente”, disse o pai.

O Projeto piloto

Em abril, as ruas em torno da Escola Municipal Professor Aroldo foram beneficiadas com a distribuição de sacolas de ráfia, doadas pela Klabin. Toda quarta-feira, o caminhão da coleta passa pela região recolhendo os materiais recicláveis separadamente, enquanto o outro caminhão faz a coleta dos outros resíduos.

Comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Tibaginews